Tecnologia e inovação

Entre outros fatores, a evolução da nossa competitividade está ligada aos investimentos constantes em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, aplicados à melhoria da performance de nossas florestas, aos processos produtivos, ao desenvolvimento de produtos e à gestão de seus impactos.

Tecnologia e inovação
Tecnologia e inovação
Tema

P&D+I para um futuro renovável

Entre outros fatores, a evolução da nossa competitividade está ligada aos investimentos constantes em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, aplicados à melhoria da performance de nossas florestas, aos processos produtivos, ao desenvolvimento de produtos e à gestão de seus impactos.

Os desafios cada vez maiores do mercado de papéis e embalagens e a crescente tendência do consumidor de buscar produtos feitos de materiais renováveis têm levado a Companhia a ampliar os investimentos nessa frente nos últimos anos. De 2019 a 2021, o total investido em pesquisa florestal e industrial deve chegar a R$ 180 milhões.

Em 2020, continuamos a nos empenhar para nos tornarmos referência mundial em soluções responsáveis que atendam às constantes mudanças da sociedade, oferecendo produtos de base florestal de múltiplos usos, que sejam renováveis, recicláveis e biodegradáveis.

Conheça as propostas de valor e metas relacionadas ao setor de tecnologia e inovação que integram a Agenda Klabin 2030.

No Painel ASG, veja indicadores relacionados ao tema material Usos múltiplos da madeira.

Nossas rotas de pesquisa e desenvolvimento

Saiba mais sobre nossas rotas de pesquisa no site

Destaques no desenvolvimento de produtos

Em 2020, demos continuidade ao grupo de trabalho Floresta, Indústria e Pesquisa (FIP), cujo foco é o entendimento das características de qualidade da madeira e a solução de desvios que podem ter reflexo na qualidade do produto final. Avançamos em pesquisas voltadas ao acréscimo de propriedades ao papel, visando ao aumento de sua efetividade como material sustentável para embalagens, na forma de barreiras para água, vapor, gordura e oxigênio.

Em nosso Parque de Plantas-Piloto, no Paraná:

  • A primeira planta de extração de lignina da Companhia desenvolveu um produto inédito no mercado brasileiro, a lignina kraft de pínus. Foram produzidas mais de 40 toneladas desse material, que resultaram em mais de 20 parcerias estratégicas para projetos de P&D e futuros clientes. 
  • A planta de celulose microfibrilada (MFC) promoveu cinco testes industriais voltados para o desenvolvimento de novos papéis e cartões, com propriedades distintas das presentes nos produtos hoje disponíveis no mercado.
  • Outro foco de aplicação de MFC foram formulações para a substituição de compostos de origem fóssil, que poderão representar um novo mercado de materiais mais sustentáveis.

No Painel ASG, veja indicador GRI 481-1 e outros relacionados ao tema material Usos múltiplos da madeira.

Espessante celulósico para álcool em gel, desenvolvido no Centro de Tecnologia da Klabin, no Paraná. Foto: Arquivo Klabin

Proteção contra o coronavírus

Em 2020, desenvolvemos, em parceria com o Senai, um face shield com aplicação de 10% de celulose em substituição ao polietileno. O produto foi distribuído em todas as unidades de saúde da Klabin, em apoio ao combate da Covid-19.

A produção de álcool em gel com espessante celulósico também virou um exemplo de sucesso, culminando no desenvolvimento de um novo ingrediente para produtos cosméticos, totalmente renovável e sustentável, a partir de celulose microfibrilada.

Mais sobre nossas ações no enfrentamento da pandemia no capítulo Covid-19.

Inovação premiada

O desenvolvimento do Eukaliner®, papel kraftliner feito exclusivamente com fibra de eucalipto, rendeu à Klabin o primeiro lugar na categoria Inovação em Embalagem da 11ª edição do PPI Awards, da Fastmarkets RISI, em evento realizado em Lisboa, em março de 2020. Esse é um dos principais reconhecimentos da indústria de papel e celulose do mundo.

A produção em larga escala do papel, produto pioneiro em âmbito mundial, e com tecnologia patenteada pela Klabin, será realizada na Unidade Puma II, com capacidade para fabricar 450 mil toneladas anuais. Entre os benefícios do Eukaliner já testados e comprovados por clientes em mais de dez países estão a sua elevada qualidade de impressão e sua superior estrutura, que permite a redução de gramatura ao substituir papéis concorrentes, além da diminuição do consumo de vapor e de ganhos de produtividade nas onduladeiras de nossos clientes. 

Esses atributos, aliados à utilização de áreas de plantio até dez vezes menores do que as empregadas por players globais, têm conferido ao Eukaliner® um posicionamento diferenciado nos principais mercados do mundo, superando todas as expectativas do produto no segmento de embalagens.

Produtividade florestal

Para manter a competitividade e dar suporte aos planos de expansão da Companhia, nossos projetos de Pesquisa e Desenvolvimento têm como foco a produtividade florestal.

Entre as pesquisas, realizadas no nosso Centro de Tecnologia, no Paraná, estão trabalhos orientados ao desenvolvimento de clones e ao melhoramento genético das árvores de pínus e eucalipto. Busca-se aumento da produtividade, adequação a eventuais condições adversas provocadas por mudanças climáticas e aumento da densidade básica da madeira, entre outros objetivos.

Caminhões do futuro

Dois modelos de caminhão com tecnologias inovadoras começaram a ser utilizados nas operações florestais. Entre as vantagens estão o aumento da segurança na operação, a economia no uso de recursos e a otimização de espaço. Em março de 2020, o primeiro caminhão autocarregável das Américas começou a operar no Paraná, permitindo o transporte de toras de até 7,36 metros de comprimento. No mercado, os caminhões geralmente transportam madeiras de até 6 metros de comprimento.

A tecnologia, desenvolvida na Suécia e adquirida pela Klabin para ser adaptada ao veículo, consiste em um braço mecânico, equipado com diversas câmeras e sensores, que transmitem ao vivo vídeos dos seus movimentos e de todo o perímetro ao seu redor para óculos 3D de realidade aumentada, utilizados pelo operador na cabine do caminhão.

A adaptação da tecnologia foi feita pela equipe da Unidade Florestal em parceria com o fornecedor. Além de aumentar a proteção dos cabos elétricos e de reforçar o equilíbrio traseiro do caminhão, desenvolveu-se o extensor da base do braço mecânico, dispositivo criado para possibilitar a regulagem do comprimento de acordo com a necessidade. Durante a operação, quando se utiliza o braço mecânico, o comprimento do caminhão é estendido, oferecendo mais segurança aos operadores, e, durante o trajeto, volta ao tamanho normal, atendendo às especificações da legislação brasileira, que o limita a até 19,8 metros.

Bitrem dobrável

Caminhão dobrável, em operação no Paraná. Foto: Arquivo Klabin

Outra novidade foi a entrada em operação nas florestas plantadas da Klabin, em junho de 2020, do primeiro caminhão dobrável do Brasil. A inovação, também adaptada pela Unidade Florestal, tem tecnologia australiana. O veículo é um modelo “bitrem”, específico para o carregamento de toras de madeira, que encolhe a segunda carroceria, somando-a à primeira.

Dessa forma, reduz seu comprimento de 19 metros para 15 metros, utilizando uma área muito menor do que a demandada pelos caminhões tradicionais. A necessidade de um raio menor para fazer curvas facilita manobras e lhe confere melhores condições de direção e aderência.

Gestão da inovação

A inovação faz parte do nosso DNA e está presente em toda a Companhia, como um importante direcionador para a evolução dos negócios. A gestão da inovação é um tema material, que tem como proposta de valor na Agenda 2030 Klabin um modelo de negócio impulsionador e receptivo a novos processos que transformem nossa atuação e fortaleçam os ecossistemas de inovação na sociedade.

 No Painel ASG, veja indicadores relacionados ao tema material Gestão da inovação.

Chancelando nosso jeito de trabalhar

Na Klabin, trabalhamos orientados por um conjunto de métodos que aliam a valorização das pessoas ao aprimoramento dos processos, constituindo meios para atingir a excelência operacional. A esse programa damos o nome de Superar, que, na verdade, traduz o “jeito Klabin de trabalhar” na busca por resultados excelentes. Times multidisciplinares e multifuncionais fazem a gestão do programa e apoiam sua implantação na Companhia.

A evolução cultural é intrínseca ao nosso jeito de trabalhar, que se transforma a cada dia. Em 2020, a partir de um processo de cocriação, que envolveu os times de melhoria contínua de diversas áreas, lançamos o Selo Klabin Superar. O objetivo é premiar e compartilhar as melhores práticas da Companhia. Para essa construção, consideramos processos de certificação consagrados no mercado e adicionamos elementos relevantes para a Klabin, contemplando ações de sustentabilidade – nos âmbitos social e de meio ambiente – e de segurança operacional.

Ao todo, são cinco selos que indicam estágios de maturidade: bronze, prata, ouro, platina e diamante. Eles poderão ser conquistados pelas unidades industriais que satisfizerem os critérios estabelecidos de melhoria contínua. A conquista dos selos, além de configurar o reconhecimento do avanço individual das unidades na excelência operacional e no cumprimento de metas de sustentabilidade, abre caminhos para a obtenção de certificações internacionais, concedidas a empresas de classe mundial.

Programas

Procuramos aperfeiçoar e incentivar a autonomia dos nossos colaboradores no desenvolvimento e na implantação de ideias inovadoras para a melhoria de processos internos. Nossa estratégia de inovação aberta é ter acesso a uma rede global de contatos, formada por startups, universidades, fornecedores, clientes, comunidades e aceleradoras capazes de resolver desafios, compartilhar conhecimento e gerar valor para a Companhia e para a sociedade.

  • Mais de 1.200 startups integram nosso banco de dados de inovação aberta.
  • Mais de 45 soluções diferentes de startups foram estudadas em 2020.
  • 19 provas de conceito foram conduzidas no período.

Promovemos um Pitch Day focado em diversidade, em busca de soluções inovadoras para a gestão do tema, em diversos aspectos; obtivemos interação com 30 empresas.

Conheça nossos programas na plataforma Inova Klabin

Nossos destaques

  • Geração dos primeiros protótipos de embalagens multimateriais renováveis a partir da parceria com a startup israelense Melodea.
  • Depósito de patentes de aplicação de celulose microfibrilada (MFC) em diferentes países localizados em quatro continentes.
  • Inserção no mercado da nova linha Ecolayer: sacaria destinada ao mercado de argamassa, que contempla barreira a vapor d’água, após três anos de pesquisa.
  • Presença no ranking TOP 100 Open Corps 2020 como empresa mais engajada no ecossistema nacional de inovação. A listagem engloba as organizações que se conectaram com o maior número de empresas no ano anterior.

Dentro de casa

Em 2020, lançamos o programa Plante sua Ideia em todas as unidades, com exceção das novas fábricas incorporadas da International Paper, que devem ser contempladas em 2021. O programa estimula o intraempreendedorismo entre todos os colaboradores, cujas ideias são submetidas a comissões em cada unidade. No total, foram 594 ideias apresentadas para avaliação.

Outra iniciativa voltada ao público interno, o Klabin Lab, que envolve a imersão de equipes durante uma semana com foco em problemas específicos, teve duas edições virtuais: uma delas direcionada à área de crédito e outra à automatização do Programa Único de Reconhecimento (PUR).

Parceria em programa de aceleração

Em uma parceria com a Voith, participamos, em setembro de 2020, da 5ª edição do Startups Connected, programa de aceleração da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo), para seleção de startup do projeto “Embalagens Sustentáveis Inteligentes”.

A FiberBio, startup selecionada, propõe desenvolver um polímero biodegradável voltado para as embalagens, com foco em reduzir os impactos ambientais gerados por plásticos convencionais. O produto proposto utiliza nanocristais de celulose, que têm alto potencial na produção de filmes flexíveis e biodegradáveis. 

A selecionada está em processo de aceleração, com assessoramento nas áreas de gestão da inovação e desenvolvimento do negócio, e vem recebendo mentoria da Klabin para avançar ainda mais no desenvolvimento do produto.

Perto das universidades

O trabalho de parceria com as universidades, Klabin + U, é fundamental para trazer novos olhares para a inovação. Em 2020, promovemos dois hackatons, um dos quais no Rio de Janeiro, em busca de uma solução de rastreabilidade com foco em economia circular e outro com os alunos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), voltado ao aprimoramento da “Luna” (Inteligência Artificial da Klabin).

Também são fruto de parcerias o programa de especialização técnica da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e os projetos de inovação com alunos dos cursos de Engenharia da instituição, bem como o Desafio do Parque Ecológico para monitoramento de fauna, feito com a Agência USP de Inovação (AUSPIN).

Ainda em 2020, organizamos competição entre estudantes de MBA para seleção do melhor modelo de negócio para a lignina, da qual participaram universidades da Itália, dos Estados Unidos, do Canadá, das Filipinas e da Índia.

Parceiros de P&D no Brasil e no exterior

  • Aria do Brasil
  • Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP)
  • Central American and Mexico Coniferous Resources Cooperative
  • Comitê de Produtores – Tappi Nano
  • Cooperativa Central America and Mexico Coniferous Resources (Camcore), Carolina do Norte (EUA)
  • Embrapa Florestas
  • Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq)
  • Forest Productivity Cooperative (FPC)
  • Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF)
  • Melodea
  • North Carolina State University (NCSU)
  • Oregon State University
  • Pine Chemicals International
  • Research Institutes of Sweden (RISE)
  • Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai)
  • Sociedade de Investigações Florestais (SIF)
  • Unicamp
  • Universidade de Karlstad (Suécia)
  • Universidade de Leuven (Bélgica)
  • Universidade de Toronto
  • Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Universidade Federal de Campina Grande
  • Universidade Federal de Lavras
  • Universidade Federal de Santa Maria
  • Universidade Federal de Uberlândia
  • Universidade Federal de Viçosa
  • Universidade Federal do Espírito Santo
  • Universidade Federal do Paraná
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • VTT Technical Research Centre of Finland

Atualização tecnológica

Em 2020, demos continuidade aos projetos de atualização tecnológica para fazer frente aos nossos projetos de crescimento, preparando a Companhia para a Indústria 4.0.

  • Jornada Cloud foi consolidada, permitindo armazenamento de dados em nuvem, ampliando a capacidade e a rapidez de processamento.
  • Expansão do wi-fi nas fábricas em Monte Alegre, Ortigueira e Otacílio, e ampliação da cobertura de sinal para transmissão de dados nas áreas florestais.
  • Links de dados foram atualizados e otimizados, permitindo maior capacidade de tráfego de informações pelas fábricas e pelos escritórios.

Segurança da informação

A segurança da informação é tema material na Agenda Klabin 2030. Nossa proposta de valor para o tema é garantir capacidades tecnológicas fortalecidas e aptas para proteger indivíduos e instituições que se relacionam com a Klabin, considerando os novos desafios éticos decorrentes do avanço da inteligência artificial.

Falhas – sejam elas humanas, de programação, infraestrutura, fornecimento de serviços de processamento de dados ou decorrentes de motivos de força maior – nos sistemas da Klabin, de nossos clientes ou de fornecedores podem comprometer as operações e a segurança das informações.

A Klabin, apoiada em um plano de gestão de riscos e por meio de metodologias de mercado, vem adotando controles de segurança cibernética para reduzir o risco de indisponibilidade das suas operações. 

Também implementamos a Política e a Cartilha de Segurança Cibernética, documentos oficiais da Companhia que orientam nossos colaboradores sobre a postura, as boas práticas e as atribuições necessárias para mantermos o ambiente com risco reduzido de ataques cibernéticos.

Realizamos ainda, em 2020, o workshop Segurança Cibernética e Privacidade, que contou com quase 2.000 participantes. E lançamos um vídeo sobre segurança cibernética, com todos os dez pilares do nosso programa de conscientização.

LGPD

Para ampliar a proteção contra riscos cibernéticos e garantir o sigilo de dados, mapeamos riscos relacionados às informações de colaboradores, de terceiros e de clientes finais que possuem dados pessoais custodiados na Klabin. A medida garante adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (Lei no 13.709/2018) ou LGPD, em vigor desde setembro de 2020.

  • 55%  dos colaboradores diretos receberam treinamento sobre linguagem digital em 2020.
  • 1.993 pessoas participaram do Workshop LGPD e Segurança Cibernética no período.

No Painel ASG, veja indicador GRI 481-1 e outros relacionados ao tema material Segurança da informação.

Tecnologia e inovação

Tecnologia e inovação