Klabin - Relatório de Sustentabilidade 2016
Logomarca Klabin

RELATÓRIO DE
SUSTENTABILIDADE

2016

  -  

A natureza
da Klabin


A empresa

A Klabin é líder em diversos mercados no Brasil e comercializa, nos mercados interno e externo, um amplo portfólio de produtos, que inclui papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais, celulose e madeira em toras. Sociedade anônima de capital aberto, são 118 anos de história e uma trajetória de crescimento que teve como marco, em 2016, a inauguração da Unidade Puma, em Ortigueira, no Paraná. Com isso, passa a ser a única empresa do país a fornecer simultaneamente ao mercado celulose de fibra curta, celulose de fibra longa e celulose fluff, em uma fábrica inteiramente projetada para essa finalidade. (G4-3, G4-4, G4-7, G4-13)

A companhia tem uma gestão orientada para o desenvolvimento sustentável e busca o crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso com o meio ambiente. A Klabin integra o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa desde 2014. Aderiu voluntariamente a iniciativas como o Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), o Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, o Pacto Nacional contra a Corrução e o CEO Climate Leaders. A empresa procura trabalhar com fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. (G4-15)

Liderança no Brasil

papéis e cartões para
embalagem

Embalagens de
papelão ondulado

Sacos industriais

Madeiras em toras
para serrarias e
laminadoras

Unidades de negócio

As operações da Klabin estão organizadas em quatro unidades de negócios

G4-8

FLORESTAL

Responsável pelo manejo das florestas plantadas pela Klabin, o que inclui o planejamento, o plantio e a colheita para o fornecimento de matéria-prima às fábricas de papel e celulose da empresa.

CELULOSE

Responsável pela produção de celulose de fibra curta (eucalipto), de fibra longa (pínus) e celulose fluff.  Fabricada pela primeira vez no Brasil a partir de fibra longa, a celulose fluff é um importante insumo para a produção de fraldas, absorventes descartáveis e outros produtos.

PAPEL

Produz papelcartão para líquidos e para as indústrias de alimentos, higiene e limpeza, eletroeletrônicos, entre outras. Apoiada em tecnologia de ponta, fabrica papel kraft usado em caixas de papelão ondulado e sacos industriais, além de produzir papel reciclado.

CONVERSÃO

Converte papéis kraftliner e sack kraft em papelão ondulado e sacos industriais, respectivamente, utilizados pelos setores de alimentos, bebidas, hortifrutigranjeiros, de saúde, higiene pessoal, eletroeletrônicos e construção civil.

Mapa das operações

A Klabin tem sede administrativa na cidade de São Paulo e 18 unidades industriais, sendo 17 no Brasil e uma na Argentina. As unidades de Manaus (AM) e de Rio Negro (PR) foram adquiridas em 2016, como parte da estratégia para o crescimento sustentado (veja mais em Expansão dos Negócios). Mantém escritórios comerciais em oito estados brasileiros, uma filial nos Estados Unidos, um novo escritório na Áustria, além de representantes e agentes comerciais em vários países. As florestas da empresa são cultivadas em três estados - Paraná, Santa Catarina e São Paulo -, com alto índice de preservação em um dos biomas mais ameaçados do país, a Mata Atlântica. (G4-5, G4-6, G4-8, G4-9, G4-13)

ABRIR MAPA

Base florestal
214 mil

hectares de florestas nativas

229 mil

hectares de florestas plantadas

Numa cadeia integrada de produção, a madeira para a fabricação da celulose empregada na manufatura dos papéis e embalagens ou vendida ao mercado provém de florestas plantadas de pínus e eucalipto. O cuidado se estende às florestas nativas e 43% da área florestal da Klabin são destinados à preservação e à manutenção da biodiversidade.

Processos e destinos
da produção

Os produtos da Klabin são voltados, principalmente, às indústrias dos segmentos de alimentos (leite, carnes frigorificadas e frutas), saúde e higiene pessoal, higiene e limpeza, construção civil e eletroeletrônicos. Além de atender ao mercado brasileiro, onde é líder nos segmentos em que atua, a empresa exporta seus produtos para mais de 60 países de todos os continentes. (G4-8)

Exportações


SAIBA MAIS

Capacidade de produção


SAIBA MAIS

Processos produtivos


SAIBA MAIS

Governança

A Klabin mantém, como principais órgãos de governança, a Assembleia Geral de Acionistas, o Conselho de Administração, o Conselho Fiscal e a Diretoria. São órgãos que atuam em sinergia para o alcance de resultados econômicos, financeiros, sociais e ambientais. No início de 2017, a companhia reorganizou a estrutura de sua Diretoria, de forma a manter uma equipe cada vez mais coesa e capaz de gerir o negócio com a flexibilidade e a resiliência necessárias em cenários tão adversos como os enfrentados nos últimos anos. A mudança na estrutura é fundamental para acompanhar a nova etapa no ciclo projetado de 10 anos de crescimento. (G4-34)

Composição da Diretoria e do Conselho de Administração

G4-34

Diretoria (composição até abril/2017)

Fabio Schvartsman - Diretor-Geral
Cristiano Teixeira - Diretor de Conversões e Comercial de Papéis
Arthur Canhisares -  Diretor Industrial de Papéis
Eduardo de Toledo - Diretor de Finanças e Relações com Investidores
Francisco César Razzolini - Diretor de Projetos e Tecnologia Industrial
José Totti - Diretor Florestal
Sérgio Piza - Diretor de Gente & Gestão
Adriano Canela - Diretor de Planejamento Comercial
Douglas Dalmasi - Diretor de Sacos Industriais
Edgard Avezum Junior  - Diretor Comercial de Cartões
Gabriella Michelucci - Diretora de Embalagens
José Soares - Diretor Comercial de Celulose
Sadi Carlos de Oliveira - Diretor Industrial de Celulose
Sandro Ávila - Diretor de Planejamento Operacional e Logística

Conselho de Administração (composição até abril/2017)

Membros efetivos

Armando Klabin
Celso Lafer
Daniel Miguel Klabin
Paulo Sérgio Coutinho Galvão Filho
Israel Klabin
Roberto Klabin Martins Xavier
Luis Eduardo Pereira de Carvalho
Pedro Franco Piva
Roberto Luiz Leme Klabin
Sérgio Francisco Monteiro de Carvalho Guimarães
Rui Manuel de Medeiros D’Espiney Patrício
Vera Lafer
Helio Seibel

Membros suplentes

José Klabin
Reinoldo Poernbacher
Amanda Klabin Tkacz
Graziela Lafer Galvão
Alberto Klabin
Lilia Klabin Levine
Vivian do Valle Souza Leão Mikui
Eduardo Lafer Piva
Marcelo Bertini de Rezende Barbosa
Olavo Egydio Monteiro de Carvalho
Joaquim Pedro Monteiro de Carvalho Collor de Mello
Francisco Lafer Pati
Matheus Morgan Villares

Desde abril/2017, Cristiano Cardoso Teixeira é Diretor-Geral da companhia e Daniel Klabin é o presidente do Conselho de Administração.

Composição da Diretoria e do Conselho de Administração a partir de abril/2017

Diretoria


Governança da sustentabilidade

G4-34

A governança para a sustentabilidade na Klabin está estruturada em três pilares

Comissão de Sustentabilidade

SAIBA MAIS

Gerência de Gestão de Sustentabilidade e Comunicação

SAIBA MAIS

Comitê de Sustentabilidade

SAIBA MAIS

O Comitê do Clima da Klabin, criado em 2015, reforça a governança do tema na empresa. Trata-se de um grupo de trabalho multidisciplinar encarregado de acompanhar a evolução dos estudos sobre as alterações climáticas, os mecanismos de entendimento sobre o assunto e suas implicações para as operações da companhia. Clique aqui para saber mais (G4-DMA).

Código de Conduta

As decisões na Klabin são norteadas pelos valores básicos de moralidade, dignidade, liberdade, integridade, lealdade, transparência e justiça. Como suporte às melhores práticas e para manter os mesmos padrões de conduta entre todas as unidades de produção e escritórios no Brasil e no exterior, a empresa adota um conjunto de códigos e políticas que fortalece a cultura e orienta suas ações.

Um deles é o Código de Conduta, documento que reúne os valores e as diretrizes da companhia e orienta o relacionamento da Klabin com seus públicos, sendo adotado por todos os colaboradores e difundido para os fornecedores. Em 2016, foi realizada a Semana da Ética, evento que contou com palestras sobre o tema e foi divulgado pílulas de vídeos, tornando-se conteúdo obrigatório no portal Escola de Negócios (G4-DMA, G4-56).

Veja mais em Gestão de fornecedores.

Para conhecer a íntegra do Código de Conduta da Klabin, acesse o site da Klabin.

Participação setorial

Um reforço à governança da sustentabilidade na companhia é a participação da Klabin em associações e organizações nacionais ou internacionais como associada, membro de comissões ou comitês, ou ainda, como  integrante do conselho de governança da entidade. (G4-16)

Entidade

Participação em órgãos de governança

Participação em comitês

Associações e sindicatos

Indústria Brasileira de Árvores (IBÁ)

Membro titular

Comitê de Certificação;
Comitê de Mudanças do Clima; Comitê Diretor Florestal

Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO)

Vice-presidência

Grupo Mercado de Aparas;
Grupo Tributário

Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP)

Presidência

 

Associação dos Usuários SAP do Brasil (ASUG Brasil)

Conselho

 

Sindicato das Indústrias de Papel e Celulose do Paraná

Diretoria (suplência)

 

Sindicato da Indústria de Papelão do Estado de São Paulo (Sinpesp)

Presidência

 

Sindicato da Indústria do Papel, Celulose e Pasta de Madeira para Papel no Estado de São Paulo (SIP/SP)

Conselho de Administração

 

Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (Apre)

Vice-presidência

 

Associação Paulista de Produtores de Florestas Plantadas (Florestar São Paulo)

Vice-presidência

 

Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR)

Vice-presidência

 

Entidades de pesquisa

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

 

Núcleo de Assessores em Tecnologia e Inovação

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF)

Conselho Deliberativo;

Membro titular

 

Membro titular

 

Membro titular

Grupo de empresas florestais em parceira com Universidade de São Paulo (USP); Programa Cooperativo de Certificação Florestal;

Programa Cooperativo Monitoramento de Microbacias

Programa Cooperativo de Silvicultura e Manejo

Outras entidades

Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Canoas

Conselho Consultivo

 

Comitê da Bacia do Rio Tibagi

Membro titular

 

Movimento Empresarial pela Biodiversidade

 

Comitê de Comunicação

World Containerboard Organisation (WCO)

Diretoria

 

International Corrugated Case Association (ICCA)

Diretoria

 

Instituto de Pesquisa Innventia

 

Cluster Fiber Stock and Product Optimization (estoque de fibras e otimização de produtos)

Cooperativa Central American and Mexico Coniferous Resources (Camcore), Carolina do Norte (EUA)

Conselho Científico

Membro de consórcio de pesquisas e estudos para pínus

Sociedade de Investigação Florestal (SIF) da Universidade de Viçosa

Conselho Deliberativo

 

Grupo Executivo de Tecnologia (GETEC)

Conselho Deliberativo

 

FSC International

Membro titular

Policy and Standards Committee (PSC)

Diálogo Florestal – Fórum PR/SC

Membro titular

 

Diálogo Florestal – Fórum SP

Conselho de Coordenação

 

Diálogo Florestal Nacional

Conselho de Coordenação

 

The Forests Dialogue

Membro titular; Leader;
Advisory Board

Steering Committee;
Executive Team;
Tree Plantations in Landscape; Land Use Dialogue

Parcerias em pesquisa no exterior

Forest Productivity Cooperative (FPC)

North Carolina State University;
Universidade de Toronto; Lund – Universidade da Suécia

 

Central American and Mexico Coniferous Resources Cooperative

Conselho Científico

Membro de consórcio de pesquisas e estudos para pínus